Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Email

Blog por mail

O retrato do Psicopata Clínica da perversão: o perverso narcísico o mal da contemporaneidade

21.01.12
Clínica da perversão: o perverso narcísico o mal da contemporaneidade

Andreia Santos

Você conhece alguém que é a eterna vítima? No entanto, numa análise atenta e inteligente não é tão vítima assim? Está sempre envolvida em situações curiosas e polêmicas, porém parece que está blindada, pois ninguém questiona o seu caráter?! Faz comentários capciosos, que num primeiro momento são despretensiosos, mas que tem no fundo o intuito de denegrir alguém? São comentários sempre endereçados?! Promove a animosidade entre as pessoas e a separação das mesmas e sempre se isenta de tal ato? Ok, é bem possível que você esteja lidando com um perverso moral, o nosso bom e velho Psicopata.
Na clínica da perversão aprendendemos como é difícil desmascarar um psicopata, sedutores, manipuladores e mestres na mentira, consegue mobilizar fãs ardorosos! O que nos resta é sutilmente levar as pessoas a um processo de tomada de consciência, para que aos poucos consigam se libertar do engendramento perverso.
Chamamos o psicopata de perverso moral, porque ele ataca a identidade do outro, é profundamente invejoso, e tenta destruir o outro na relação que estabelece, assediando moralmente o seu objeto de ódio, não sente afeição e encarna o papel da eterna vítima.
Os psicopatas não têm amigos e sim seguidores, que na sua maioria não percebem que estão sendo manipulados, geralmente se aproximam de quem podem lhes dar alguma coisa em troca. Pessoas com posições sociais elevadas são as suas companhias preferidas.
Os psicopatas ou perversos morais, também não escolhem qualquer posição na vida, geralmente são objetos do seu desejo lugares que lhes assegurem credibilidade perante aos demais, meios políticos, religiosos, educacionais, etc; são postos almejados pelos psicopatas, que sempre buscam cargos de liderança.
Cuidado com a manipulação perversa, compramos a briga dos perversos morais e não nos damos conta. A manipulação e a vitimização são as grandes estratégias dos perversos. A dinâmica do psicopata é a de colocar o outro na condição de objeto. E vai assujeitar esse outro até que o descarta quando não mais interessá-lo. A HISTERIA COLETIVA DESPROPOSITAL E AS INFORMAÇÕES FALSAS SÃO SINAIS VISÍVEIS DA ATUAÇÃO DO PERVERSO.
Quem são os seguidores dos perveros morais?
Como ja foi mencionado os psicopatas não conseguem estabelecer relações com o outro, por sua incapacidade empática e dificuldade de enxergar esse outro como um ser inteiro, dessa forma a relação que estabelece é unilateral e de assujeitamento desse outro as suas vontades.
Os seguidores do psicopata demoram a tomar consciência de que estão sendo manipulados e quando se dão conta disso, já funcionaram como objeto nas mãos dos perversos morais. Alguns especialistas traçam perfis dessas vítimas/seguidoras, contudo, percebo que pessoas esclarecidas caem constantemente no jogo de sedução e enredamento perverso.
A linguagem do psicopata é sempre desqualificadora com relação ao outro. Dificilmente fere esse outro, que é seu objeto de ódio, frontalmente.Ele utiliza alusões perversas, promove a ruptura das relações entre as pessoas em dircursos ou falas onde sempre está oculto um ataque à alguém (seu objeto de ódio ou inveja). São profundamente invejosos, se o seu objeto de ódio é uma pessoa respeitável por exemplo, ele tentará atingir a credibilidade do seu objeto de ódio. Dissemiando mentiras que minam a imagem daquele que no fundo o psicopata gostaria de ser
Em algumas raras ocasiões os psicopatas ou perversos morais não levam a melhor, quando os percebemos e entendemos a sua dinâmica eles são previsíveis, e caem nas suas próprias ciladas...falam demais, inventam demais, mentem demais e finalmente desmascarados ficam perdidos em seus próprios delírios megalomaníacos.
É interessante ver a sua queda e a maneira de enfrentamento deles, assim como dos seus soldados perdidos e desolados....
Finalmente é de extrema importância que tomemos cuidado com psicopatas ou perversos morais, pois são inteligentes e ardilosos, por onde passam deixam um rastro de discórdia e destruição. Não há o que consiga parar um psicopata, alguns especialistas acreditam que quando se deparam com o seu vazio isso é possível. Bem... lido com perversos morais não é de hoje e com relação a isso tenho as minhas dúvidas!
http://vitimasdepsicopatasenarcisistas.blogspot.pt/2011/12/o-retrato-do-psicopata.html

Autoria e outros dados (tags, etc)

Hits

drupal stats

googlr