Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Email

Blog por mail

O psicopata dessimulado

19.01.12
O Psicopata Dissimulado:
http://sandicesdemomento.blogspot.pt/2010/02/psicopatia-dissimulada.html

Seu comportamento se caracteriza por um forte disfarce de amizade e sociabilidade. Apesar dessa agradável aparência, ele oculta falta de confiabilidade, tendências impulsivas e profundo ressentimento e mau humor para com os membros de sua família e pessoas próximas.

Na realidade, didaticamente poderíamos comparar o Psicopata Dissimulado como uma mistura bastante piorada dos transtornos Borderline e Histérico da Personalidade. Isso significa que ele pleiteia um estilo de vida socialmente teatral, com persistente busca de atenção e excitação, permeada por um comportamento muito sedutor.

Por essas características Millon já considerava o Psicopata Dissimulado como uma variante da Personalidade Histriônica, continuamente tentando satisfazer sua forte necessidade de atenção e aprovação. Essas características não estão presentes no Psicopata Carente de Princípios ou no Malévolo, os quais centram em sí mesmo sua preocupação e são indiferentes às atitudes e reações dos outros.

Esse subtipo dissimulado costuma exibir entusiasmo de curta duração pelas coisas da vida, comportamentos imaturos de contínua buscas de sensações. Seguindo as características básicas e comuns à todos os psicopatas, o dissimulado também tende a conspirar, mentir, a ter um enfoque astuto para com a vida social, a ser calculista, insincero e falso.

Muito provavelmente ele não admite a existência de qualquer dificuldade pessoal ou familiar, e exibe um engenhoso sistema de negações. As dificuldades interpessoais são racionalizadas e a culpa é sempre projetada sobre terceiros.

A contundente falsidade é a característica principal deste subtipo. O Psicopata Dissimulado age com premeditação e falsidade em todas suas relações, fazendo tudo o que for necessário para obter exatamente o que querem dos outros.

Por outro lado, em diferentemente do Psicopata Carente de Princípios ou do Psicopata Malévolo, parece desfrutar prazerosamente do jogo da sedução, obtendo excitação nas conquistas.

Mesmo aparentando intenções de proteger certas pessoas, o Psicopata Dissimulado é frio, calculista e falso, caracterizando mais ainda um estilo fortemente manipulador. Essa característica pode ser conseqüência da convicção íntima de que ninguém poderá amá-lo ou protegê-lo, a menos que consiga manipular a todos.

Apesar de reconhecer que está manipulando seu entorno social, tenta convencer aos outros de que suas intenções são boas e que suas atitudes são, no mínimo, bem intencionadas.

Quando as pessoas com esse tipo de psicopatia são pressionadas ou confrontadas, sentem-se muito encabulados e suas reações oscilam entre a explosão agressiva e vingança calculista.

A característica afabilidade dos Psicopatas Dissimulados é superficial e extremamente precária, estando sempre predispostos a depreciarem imediatamente a qualquer um que represente alguma ameaça à sua hegemonia, chegando mesmo a perderem o controle e explodirem em cólera.



O psicopata no amor

Ele se "alimenta" da ingenuidade, da dependência, se excita demais cada vez que sente que está dominando, que a companheira está "na dele"...

Ele aparenta ser um companheiro maravilhoso, tudo o que uma mulher sonha na vida, sempre atencioso, até demais, sempre faz a mulher se sentir nas nuvens...

Assim é o jogo de sedução, antes ele lê a personalidade feminina, colhendo sutilmente informações dela, para depois dar o bote...

Lembramos que as cobras, antes de morder, acariciam suas presas, os psicopatas agem da mesma forma...

Psicopatas são pessoas que aparentam ser muito humanas, solidárias, de bom coração, mas existe uma má intenção por detrás dessa personalidade "impecável".

Como podemos saber se convivemos ou não com um psicopata? Seria muito difícil, pois o diagnóstico da psicopatia só é dado por um especialista, o Psiquiatra.


Quem são os psicopatas?

Psicopatas, ao contrário do que muitos pensam, não são loucos, ao contrário, são pessoas extremamente inteligentes e que usam sua inteligência para seduzir, manipular suas vítimas, se excitam em ver a presa "capturada", seduz a pessoa até a pessoa se apaixonar perdidamente sem se envolver, não tem um pingo de sentimento!!!

Ele faz a pessoa se envolver sem se envolver. Quando o psicopata se cansa da brincadeira, simplesmente sai "à francesa", some, desaparece sem dar notícias.

Ele se diverte com o sofrimento alheio, com a ingenuidade, com o coração puro. Esses sim são os que considero "papa anjos", não porque são pedófilos, muitos nem são isso, mas papam anjos porque "se alimentam das ilusões alheias".

A mente do psicopata é diabólica, arquiteta muito bem os seus planos, tudo é premeditado, muito bem pensado.


Conselhos preciosos:

Autoria e outros dados (tags, etc)

Hits

drupal stats

googlr